Novas Poesias
Carregando...
terça-feira, 28 de março de 2017

Morto de amor

De tanto andar pelas brasas...
já não sinto mais os meus pés,
que em chamas perdeu a vida,
tentando encontrar o seu amor.



De tanto tocar as rosas...
já não sinto mais minhas mãos,
que em furos sangrou até a morte,
tentando tocar a sua amada.



De tanto o coração se apaixonar...
já não bate mais acelerado,
que amou alguém demais,
tentando um dia ser amado.
Compartilhe:
Próxima poesia
Esta é a poesia mais recente.
Postagem mais antiga

0 comentários:

Postar um comentário

 
Mostrar Rodapé