Novas Poesias
Carregando...
sábado, 11 de fevereiro de 2017

Irmãos unidos

Esse sangue a qual em mim corre,
Corrente que nos une – irmãos,
Unidos, meu vivo sangue – morre,
Se, tua ausência desune corações.
Em saudades; morro, choro, esmoreço,
Se, quando a noite passar – escureço,
Em meu obscuro amanheço sem ti,
O teu abraço, sem tuas mãos; vou cair.
Meu e seu, nosso pai, nossa vida,
De vidas unidas, nos fez irmãos,
Ainda que de diferentes pais seremos.
E, somos na terra, vidas unidas,
De amor e amizade, viveremos emoções,
Irmãos unidos, mulher ou homem.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

 
Mostrar Rodapé